02/05/2012

Erros e Mágoas

Para os erros há perdão; Para os fracassos, chance; 
Para os amores impossíveis, tempo.
Os erros marcam!
São facas! Esfaqueiam e castram.


Perdão é uma invenção!
Se o Homem não tem coração!
Não irá deixar de vingar NÃO.
Dizer que os erros têm 
Perdão, É pura consolação.


Os erros alheios serão lembrados aos 
Homens dianteiros (fábula da raposa e uvas)
Principalmente pelos  Canteiros
 (vivem nos cantos, andam pelos becos).


Mas os erros são uma versão,
Não combinam com o homem de
Razão.O erro depende do lado da equação!


Os fracassos formam homens
Às vezes, De aço!Pode ser causado também
Por gente que na terra tem vocação de ser 
Palhaço (autopunição).


O fracasso pode ser um Mafioso abraço!
Pode ser no sapato Um pedaço (de pedra (,
Na sociedade, A Serra do Espinhaço!


Ele pertence à própria pessoa,
Mas as pessoas ao redor lhes aumentam o
Espaço, Pois a regra de sempre é:
Faça o que eu mando e não repare o que eu Faço. Mas os amores impossíveis, O tempo basta. Dizer isso é  Cachaça! O tempo nada acha, Nem rechaça!


Nas coisas dos outros, Nunca se entrelaça, O tempo ao contrario, Os amores (desilusões),  Recalca.


Como amar é colocar azas,
E vôos alçar,Pode-se enganar,
Descobrir que não é fácil
Acertar,E que todas as formas anormais de  Amor, É simples modo de falar (discurso),
Que o tempo não vai melhorar,
Pois o tempo é construção fictícia do homem,
Para a si e aos outros enganarem.
Sarah Westphal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário