25/04/2012

O Amor e seus atos

AMOR
sentimento engraçado esse! Chega sem pedir licença e nem dar aviso prévio. Se aloja em nosso coração e já sai dando ordens para o que fazemos e o que pensamos.

E pior ainda!
A vezes o amor alojado no outro coração não tem os mesmos planos que o nosso e daí arma-se aquela confusão, pregações de peças de ambos lados e acaba sobrando para nós, meros hospedeiros.

Mas é claro, não posso apenas falar mal
desse folgado, estaria sendo injusto.
Também posso dizer que ele é como uma

criança que sonha sempre com o amanhã a dois, nunca vem com intenção de sair, nunca pensa em nos trair, muito menos em nos fazer cair.


E o melhor de tudo, é quando o outro amor gosta do seu, ai sim, como uma criança quando ganha um presente, ele te faz sentir como se estivesse no paraíso.

Torna todas as coisas belas, por mais horríveis que elas sejam. Depois de tudo isso até esquecemos que ele invadiu o nosso coração sem o nosso consentimento.

E cá entre nós, existe coisa melhor que amar e ser amado?
Marcos H. R. da Rosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário