29/02/2012

Entre o Sonho e a Realidade

Em um amor como esse o meu constante querer é que seus sonhos e desejos possam tornar-se realidade,principalmente se eu pudesse por um acaso fazer parte deles.Sabe, por muitas e muitas vezes eu gostaria de ter o dom de expressar em palavras tudo o que eu sinto por você, mas infelizmente, não sou uma poeta, mas as vezes acho que nem mesmo seu eu fosse uma,eu conseguiria em algum momento explicar-lhe o que me acontece,palavras nunca seriam suficientes para demonstrar-lhe o meu amor!Pois como explicar com palavras algo que se sente tão profundo?Algo que nem mesmo eu sei como consigo sentir? Como explicar o que é esse coração acelerado quando você chega perto, ou esse desespero quando você se afasta?Essa alegria sem fim quando você me abraça,ou esse calor imenso quando você me beija.Você consegue desestruturar o meu ser de uma forma imensamente apaixonada, e eu chego à conclusão apenas de uma coisa: eu te amo com todas minhas forças mais de maneira egoísta,sim, pois eu te quero só pra mim;de maneira suave, porque me sinto flutuar quando estou ao seu lado,de maneira intensa porque me sinto como tivesse achado um grande e eterno amor,mas principalmente, de maneira plena, pois você me completa...Bárbara Zelnik.


Entre o sonho e a realidade. O que escolherei? Sonho de um amor perfeito, um amor que me conquiste todos os dias, que com o passar do tempo, tudo fique mais belo, mais forte, um amor pra vida toda, sem esmorecer, sem se envaidecer. Entre o sonho e a realidade. O que escolherei? Realidade de um amor que fará promessas, que abraçará, beijará e fará sorrir, mas com o passar do tempo, tudo vai se tornar comum. Os braços que abraçaram, afastarão. Os lábios que beijaram, dirá coisas que não gostarias de ouvir. O que fez sorrir, fará então chorar. Entre o sonho e a realidade. O que escolherei? O sonho é apenas um sonho. Contos de fadas não existem. Alguém me diria: escolhe a realidade, pelo menos tem o sabor de existir. Entre o sonho e a realidade. O que escolherei? Escolho então a solidão. Porque este sonho não é real, e o real é belo apenas por um tempo, e se não é pra ser pra sempre então prefiro não ser de ninguém. Ser minha, somente minha…Melissa Rocha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário